Realizou-se no passado dia 8 de Abril a IV Ordem de Mérito de 2018 do Clube Tigres do Bosque. Nesta etapa os Tigres regressaram ao Ribagolfe I. Com as saídas em shotgun marcadas para as 9h00, os jogadores atravessaram a Ponte Vasco da Gama a fazer figas para que a chuva prevista para a tarde não se antecipasse.

Apesar do sol e da ausência de vento que acabou por se fazer sentir ao longo de quase todo o dia os resultados situaram-se um pouco abaixo da média dos últimos eventos. Foi Francisco Castro e Almeida, o vencedor da Ordem de Mérito de 2016, que aproveitou as circunstancias e com 36 pontos voltou ao circulo dos vencedores. Em segundo lugar, apenas a 1 ponto de Castro e Almeida ficou Pedro Trinité. António Mendonça Alves fechou o pódio com 33 pontos e desempate por handicap. Ao vencedor foi entregue não só o habitual troféu, mas também uma magnum de Três Bagos Reserva tinto simpaticamente oferecida pela Freixenet, um dos patrocinadores de referência do Clube Tigres do Bosque.

Ricardo Coelho, que venceu no Montado brilhou em momentos chave e ganhou os prémios especiais, Nearest to the Pin e Longest Drive.

No final do torneio os Tigres e os seus convidados juntaram-se no club house para um simpático almoço e para a entrega de prémios.

A próxima ordem de mérito será jogada no âmbito da anual Tiger Trip que este ano leva os Tigres a Sevilha, mais precisamente ao Club Zaudin Golf e ao emblemático Real Club Sevilla Golf.

Please Login to Comment.